bdsm avançado

BDSM avançado: dicas para continuar

Acabou a brincadeira: no BDSM avançado só sobram os fortes. Brincadeirinhas de vendar os olhos e uns tapas foram um bom começo, mas chegou a hora de dar mais um passo. E, para chegar ao próximo nível, nada melhor do umas dicas, certo? O Aquelas Coisas te ajudou a iniciar no sadomasoquismo e jamais fugiria da responsabilidade de te guiar pelo resto do caminho. Então aperte as algemas que chegou a hora de aprender um pouquinho mais de BDSM.

Imobilização de verdade

Caso você não saiba, o B de BDSM é sigla para “Bondage”, palavra do inglês que remete a prender. Não é preciso mais do que isso para entender a dica. Amarre, algeme prenda, restrinja os movimentos do outro. Mas não se limite a um nó de gravata na cabeceira da cama. Que tal uma imoblização completa? Ou deixar seu escravo(a) preso a uma cadeira. Algemar em posições desconfortáveis também é uma boa. Seja como for, explore ao máximo as diversas técnicas e posições possíveis. A essa altura, tenho certeza que você já desenvolveu a confiança para isso.

BDSM avançado, resistência avançada

A dor é talvez a ferramenta mais característica do sadomasoquismo. No começo, ela é usada através de tapas, beliscões e mordidas. É claro que intensificar a força disso tudo é uma boa maneira de ampliar limites. Mas se você quer BDSM avançado não dá pra dispensar uns bons utensílios. Para começar, introduza o chicote, é claro. De preferência um de boa qualidade, caso contrário o limite de dor é bem baixo. Depois, passos maiores podem ser dados. Pequenas queimaduras superficiais provocadas com um cigarro não vão matar ninguém. Alguns brinquedos possibilitam choques elétricos bastante seguros e intensos. Vamos ver até onde você aguenta?

Mas a dor nem sempre é física

Às vezes a dor do sadomasoquismo não dói na pele. Os “maus tratos” podem ser emocionais ou psicológicos e machucarem mais por dentro que por fora. Desrespeitar, agredir verbalmente, privar o outro de ir ao banheiro. Tudo pode ser válido a depender dos participantes. Por exemplo, o BDSM avançado, a humilhação é uma coisa muito presente. Primeiro, certifiquem-se de que vocês já estão craques em mandar e obedecer. Depois, usem essa autoridade para colocar o outro em situações vexatórias e completamente expostas. Coloque o parceiro(a) de quatro e faça-o carrega-la por aí. Deixe a pessoa submissa apenas de roupa de baixo, ou até mesmo nua, em situações sociais. Use uma coleira. Há diversas formas de machucar o ego de alguém.

Sadomasoquismo em cativeiro

Se o objetivo é humilhar, prender, provocar dor e manter o outro sob seu domínio, que tal fazer tudo de uma vez? Engaiolar o parceiro(a) é outro clássico do BDSM avançado. Pode ser uma jaula, um cercadinho, um quarto fechado, o que estiver à disposição. Deixar a outra pessoa guardada, como se fosse um objeto, pode ser degradante de toda as formas possíveis. O que, para muita gente, pode ser extremamente excitante. Como dissemos antes, BDSM avançado não é para qualquer um.

Mais qualidade e mais quantidade

Há diversos caminhos para tornar sua experiência com o sadomasoquismo mais intensa. Você pode achar que ainda não é hora de aumentar a intensidade dos “jogos”. Se for o caso (ou mesmo que ache que sim), talvez aumentar o número de jogadores seja uma boa. Convide outros praticantes para uma noite de diversão. Procure uma festa sadomasoquista, elas são bem comuns e, normalmente, muito receptivas. Outra alternativa é convidar alguém para se juntar ao seu jogo com seu parceiro(a). Seja como for, procure companhia. Essa experiência pode mudar sua relação com BDSM para sempre.

Ainda mais cuidado no BDSM avançado

Por fim, a última dica para o BDSM avançado é: tome cuidado. Ser cauteloso não faz mal nenhum para o jogo, muito pelo contrário. Combine uma palavra de segurança e alinhe suas expectativas e seus limites. Estude a viabilidade e a segurança das coisas que quiser experimentar. Especialmente quando elas envolverem dor e ou privações (de sono, fome, banheiro, etc). E, por fim, tenha certeza de estar usando produtos de qualidade. A última coisa da qual você precisa é se prejudicar porque economizou vinte reais em um brinquedo.

E aí, como está a coragem? BDSM avançado certamente não é algo tão trivial. Para dar novos passos, é importante estar bem informado e seguro quanto a sua escolha. Experiências de BDSM que fujam muito de sua expectativa podem ser traumáticas. Mas não deixe nada disso te desmotivar. Como dizem, sem dor não há crescimento. Aproveite que a dor já é seu negócio e encontre seus limites. Com um pouco de cuidado e atenção, você só tem a ganhar.

 

 

 

 

BDSM avançado: dicas para continuar was last modified: Março 1st, 2020 by João
Category : Geral
Tags :