Como perder a timidez na cama?

Não é novidade para ninguém que sexo ainda é um assunto repleto de tabus, constrangimentos e moralismos. Falar de sexo nem sempre é fácil e, para algumas pessoas, fazê-lo também pode não ser tão simples. No entanto, assim como na hora de falar do assunto, a timidez na cama não traz nada de bom, por isso, é essencial livrar-se dela. A grande pergunta é: como perder essa vergonha? Não é tão fácil, mas há maneiras de começar o processo. Fique ligado nas próximas linhas e você vai ver que perder a timidez na cama é só uma questão de querer.

Entenda de onde vem sua timidez na cama

Perder a vergonha na hora do sexo tem muito a ver com autoconhecimento. Em primeira instância, é necessário entender o que te deixa tão constrangida(o). Seu problema é autoestima? Será que você sente falta de um vínculo com a pessoa com quem você está transando? Você se cobra demais por como vai ser a relação? A pressão para transar te deixa menos confiante? A vergonha pode vir de todos esses motivos e de muitos outros, inclusive na maioria das vezes sendo resultado da soma de várias situações.

ACOMPANHE NOSSO BLOG E RECEBA CUPONS DE DESCONTO E PROMOÇÕES

Entender o que origina o problema é o primeiro passo para resolvê-lo. Isso vale para quase tudo na vida e, em se tratando de sexo, não é diferente. Lembre-se que não há nenhum problema também em precisar de ajuda para ter esse entendimento. Conversar com alguém em quem você confia, com o próprio parceiro(a), ou até mesmo com um psicólogo pode fazer toda a diferença.

Anime-se com a ideia de transar

Outra coisa que pode ajudar muito a perder a timidez na cama é acostumar sua mente com o tema e estimular sua vontade de transar. Pense em sexo, fantasie, imagine a outra pessoa em situações sensuais, espere pelo momento do sexo com o mesmo gosto que você espera por outros bons momentos da vida. Fazer isso provavelmente aumentará seu preparo, sua confiança e, por consequência, te deixará mais à vontade.

Algo que pode te ajudar nesse processo de animar-se com o que está por vir é estar em mais contato com coisas que te dão tesão. Falar ou ler sobre sexo, consumir conteúdos eróticos ou que por algum motivo te façam fantasiar, enfim, qualquer coisa que te deixe subindo pelas paredes também deve te ajudar a se soltar na hora h.

Fique à vontade com o parceiro(a)

Grande parte das vezes o constrangimento só existe porque existem mais pessoas por perto. No caso do sexo, há no mínimo mais uma pessoa ali a quem você tará de expor seu corpo e seus desejos. Alguém que te verá se entregar completamente a um momento e que estará em contato com uma versão sua que poucas pessoas do seu dia a dia conhecem. Parece pesado, certo? Pois é, mas não precisa ser.

O ponto é óbvio, mas não custa falar: engajar-se em relações sexuais sem estar à vontade com a outra pessoa tem tudo para aumentar toda e qualquer insegurança ou constrangimento. Procure estar com alguém que te deixa à vontade e que também está à vontade, alguém com quem você se sinta seguro(a) e, é claro, que de fato desperte seu interesse. Converse com a pessoa, deixe claro o que funciona ou não para você, enfim, estreite o vínculo antes de qualquer coisa.

Vale lembrar que estreitar o vínculo não necessariamente significa dizer que você deve transar apenas com alguém que conhece bem ou por quem sente algo especial. O importante é o momento, sentir-se próximo de alguém não exige antes ou depois.

Acostume-se com seu corpo

Já dissemos que perder a timidez na cama tem muito a ver com autoconhecimento e isso não se resume a entender o problema. Conhecer o próprio corpo e a própria sexualidade também é fundamental para que a transa seja um “lugar” confortável para você. A vantagem é que fazer isso não é nada complicado.

Olhe-se no espelho nu(a). Masturbe-se com alguma frequência. Escolha roupas íntimas que te façam sentir bem com sua aparência. Reserve algum tempo da sua vida para dedicar-se a entender o que te agrada no sexo, para tornar comum o que parece estranho e natural o que hoje te envergonha.

Construa sua personagem

O sexo é um momento diferente de todos os outros do seu dia a dia. Nada mais natural, portanto, do que assumir comportamentos diferentes nessa hora. Quem você quer ser na hora h? Se seu objetivo é não sentir vergonha, aja como a pessoa que não está constrangida. Escolha roupas ousadas, tome a iniciativa, torne seus desejos reais, saia da passividade e mostre para si mesma(o) que você tem o controle da situação.

Construir o personagem não é virar outra pessoa, deixar de ser quem você é, mas assumir para si as características que você considera importantes nesse momento. Se você sabe o que quer, sabe como quer e sabe como gostaria de buscar isso, o que te impede de transformar isso tudo em comportamento? E não precisa mudar tudo de uma vez, vá aos poucos e deixe, um passo depois do outro, o seu eu mais fogoso assumir o controle.

Não desista

Todas essas dicas são legais e podem ser muito eficientes, mas nenhuma delas vai mudar completamente sua experiência sexual da noite para o dia. É necessário dar tempo ao tempo e construir aos poucos tudo isso dentro de você. Comece a tomar atitudes, mas não pare só porque uma semana depois sua transa ainda era a mesma. Os homens estão criando tabus e moralidades há milhares de anos, você não vai se desconstruir em 5 dias. Respeite seu tempo.

E aí, já deu vontade de começar? O sexo é uma das coisas mais potencialmente prazerosas e bonitas que temos em nossa vida. Permita-se conhecer e experimentar mais e acredite que nenhuma de suas amarras é parte de quem você é, mas apenas nós a serem desatados. Pode ter certeza que com o tempo perder a timidez na cama vai ser muito mais fácil do que você imagina. Faltou alguma dica? Tem uma história legal para compartilhar? Use nossa área de comentários e alimente esse bate-papo. Aos poucos, vamos deixar a vergonha do lado de fora do quarto.

Como perder a timidez na cama? was last modified: setembro 2nd, 2019 by João
Category : Dicas
Tags :