Pompoarismo Masculino

Vamos começar obliterando a ignorância: não, pompoarismo não é coisa de mulher. Como quase tudo no planeta, pompoarismo é algo que pode ser feito por homens e mulheres e os benefícios para o homem podem ser imensos. Se você nunca ouviu falar de pompoarismo masculino, ou até mesmo de pompoarismo em geral, preste atenção e prepare-se: você está prestes a descobrir algo realmente interessante, a não ser que melhorar sua performance e seu prazer sexual e cuidar de sua saúde não sejam coisas tão importantes para você.

O que é pompoarismo?

Em resumo, pompoarismo pode ser entendido como a prática de exercícios voltados ao fortalecimento da musculatura de órgãos sexuais. Desenvolvida há mais de 1500 anos, essa técnica é muito conhecida pelos povos de países como Índia, Tailândia, Indonésia, dentre outros e se espalha cada vez mais pelo mundo. A prática traz inúmeros benefícios, tanto relacionados à própria prática sexual quanto à saúde.

Em outro texto do blog, já abordamos em detalhes o pompoarismo feminino, por isso, dessa vez, nos ateremos ao pompoarismo masculino. Caso esteja em busca de produtos que ajudem na prática do pompoarismo feminino, também não deixe de consultar nosso site.

Quais os benefícios?

Praticar o pompoarismo masculino pode trazer inúmeros benefícios. Em se tratando de sexo, os exercícios ajudam a combater ejaculação precoce e disfunções eréteis e a aumentar a sensibilidade na região íntima. Mesmo que você não tenha problemas nessas áreas, a prática ajuda a melhorar o desempenho sexual. Isso acontece porque, ao fortalecer e aumentar seu controle sobre os músculos em questão, sua capacidade de prolongar ou retardar ejaculações e intensificar ereções também aumenta, o que obviamente pode ser muito útil em uma relação íntima.

Em se tratando de saúde em geral, os exercícios ainda auxiliam no combate à incontinência urinária, na prevenção do câncer de próstata e a ter um maior controle para urinar e defecar.

Como fazer pompoarismo masculino?

Os exercícios são muito mais simples do que pode-se imaginar. O primeiro passo para praticar da maneira correta é assumir o controle de sua respiração. Treine para que sua inspiração seja sempre pelo nariz, e não pela boca, e para que o ar vá para seu abdômen e não para seu peito. Conseguir isso é fundamental para o diafragma controle sua respiração e o organismo trabalhe da forma correta, permitindo que os músculos a serem trabalhados tenham seus esforços focados nos exercícios.

Passada a parte da respiração, o pompoarismo masculino deve focar nos músculos pubiococcígeos, que se localizam entre o pênis e o ânus. Esses músculos são responsáveis, por exemplo, para interromper o fluxo de urina quando queremos. O primeiro exercício, aliás, se aproveita desse momento.

  • Exercício de Kegel

Criado por Arnold Kegel, esse exercício nos ajuda a identificar os músculos que utilizaremos e já começa a trabalhá-los. Quando estiver urinando, interrompa o fluxo de urina contraindo a musculatura. Faça isso várias vezes, tantas quanto se sentir confortável. No começo, isso pode causar algum tipo de ardência, mas não se preocupe, é normal. Lembre-se apenas de não passar de seu limite.

  • Contração repetida

Sentado em uma cadeira e com a coluna ereta tente contrair o mesmo músculo que foi usado para interromper o fluxo de urina. Ao sentir que o fez, realize 10 contrações rápidas e sucessivas desse músculo.  É normal que, no começo, músculos abdominais e anais sejam contraídos, mas, com o tempo, a tendência é que você consiga contrair apenas os músculos pubiococcígeos. Com o tempo, passe a fazer o exercício em pé, diante do espelho. Você perceberá que as contrações farão com que seu pênis se mova e, quanto mais forte estiver sua musculatura, mais acentuado será o movimento.

  • Controle muscular

Conforme sua força for aumentando e você estiver sentindo facilidade no exercício anterior, o próximo passo será controlar os músculos. Ainda de frente para o espelho, contraia o músculo de modo a deixar seu pênis em pé. Tente mantê-lo assim por 3 segundos, relaxe e repita. Aos poucos vá aumentando o tempo de permanência e, se for o caso, coloque uma toalhinha ou um paninho sobre o pênis para aumentar ainda mais a dificuldade. Lembre-se que o objetivo é fortalecer cada vez mais.

Posteriormente, o foco serão os músculos anais. Os exercícios iniciais são bem parecidos, mas com a contração do músculo anal para fechar o esfíncter.

Pompoarismo masculino tem contraindicações?

A princípio, o pompoarismo, tanto masculino quanto feminino, apenas é contraindicado para pessoas que estejam com algum problema de saúde ligado às regiões sexuais. Pessoas com infecções, inflamações ou lesões nessas regiões devem buscar aval médico antes de iniciarem a prática. É importante lembrar que, por ser um exercício auto-regulado, exageros são muito perigosos. Tratar o pompoarismo como algo a ser feito às pressas para melhorar performances sexuais pode ser seu grande erro. O foco é saúde sempre.

Promissor, não é? Cuidar da saúde, melhorar a performance sexual, aumentar o prazer e tudo isso sem sair de casa e gastando apenas alguns minutos por dia. O pompoarismo masculino é uma excelente prática e apostar nele tem tudo para ser um grande acerto. Já começou a praticar? Tem dicas ou um depoimento sobre os exercícios? Comente abaixo e ajude outros homens a também entrarem nessa.

Pompoarismo Masculino was last modified: julho 29th, 2019 by João
Category : Curiosidades, Geral
Tags :