orgasmo clitoriano e orgasmo vaginal

Qual a diferença entre o orgasmo vaginal e o clitoriano?

Orgasmo clitoriano e orgasmo vaginal… consegue distinguir? Talvez antes seja necessário citar uma semelhança: ambos os orgasmos passam pelo clitóris. E sim, esse órgão é muito maior do que você imagina. Mas não se preocupe se não consegue encontrá-lo. Depois desse texto você não só vai saber onde ele fica, mas também o que é necessário para estimulá-lo. Seja pelo lado externo ou interno. Então preste atenção e relaxe. Você vai descobrir a melhor forma de ter e de provocar um orgasmo.

O orgasmo clitoriano pode ser mais fácil

Localizado acima da abertura vaginal e da uretra, a parte externa do clitóris pode ser tranquilamente encontrada. Por isso, muitas mulheres sentem mais facilidade de atingir o orgasmo clitoriano. Até porque o clitóris tem mais terminações nervosas do que qualquer outra parte do corpo humano. Mas isso também vale para a sua parte interna, que pode ter até duas vezes o tamanho da glande. Para você que nunca experimentou, vale tentar.

O que normalmente impede pessoas com vagina de terem um orgasmo por ela são coisas como dor, desconforto ou insensibilidade. Óbvio né? Mas como resolver isso? Assim como quase tudo, o segredo está na prática. É preciso trabalhar para aguçar a sensibilização dessa área entendendo até que ponto algo é prazeroso ou desconfortável. Massagens tântricas, por exemplo, podem ajudar nessa descoberta.

Existe um orgasmo melhor que o outro?

Um estudo publicado pela Super Interessante mostra as ações e reações no cérebro de uma mulher durante o orgasmo. Ele foi realizado na Universidade de Rutgers nos Estados Unidos e contou com 10 voluntárias. O que acontece é uma série de contrações rítmicas que relaxam os músculos. Além, é claro, da liberação de hormônios do bem-estar, como oxitocina e dopamina. Essa é a mecânica, seja qual for o orgasmo. Mas a verdade é que, na prática, cada pessoa tem o seu jeito favorito de chegar ao clímax.

Para atingir o orgasmo clitoriano ou vaginal

Isso não é uma receita infalível! No entanto, existem sim alguns caminhos que podem ser seguidos dependendo do estímulo que se deseja. Para cada um deles, o corpo exige atenção em lugares diferentes. O orgasmo clitoriano acontece com a manipulação e contato contínuo ou vibratório estimulando as fibras nervosas do clítoris. Neste caso, vale usar a ajuda de vibradores clitorianos.

Para o orgasmo vaginal, é preciso estímulo contínuo em diferentes pontos dentro da vagina. Aí a lista de acessórios que podem facilitar esse processo aumenta. Mas o vibrador Ponto G possui o grande diferencial de ter uma ponta inclinada, capaz de alcançar melhor a região. Também é possível garantir todos esses estímulos em apenas um produto. É o caso dos vibradores duplos ou dos estimuladores de Ponto G e sugador de clitóris.

Só lembre de respeitar o tempo e os limites do seu corpo

Muitas mulheres se pressionam por terem orgasmos, sejam eles de qualquer natureza. Por isso, em vários momentos algumas delas performam uma excitação que não está ali. Isso acaba gerando uma mistura de ansiedade, desespero e culpa. Esses sentimentos só vão te deixar mais longe de um orgasmo. Então busque manter a calma. É preciso relaxar e se dar tempo e prática para explorar o assunto. Sozinha ou acompanhada.

Entre o orgasmo clitoriano e o vaginal qual é o seu favorito?

Tendo uma vagina ou apenas querendo dar esse prazer à sua parceira ou parceiro, o importante é testar e experimentar. Na dúvida, pratiquem o estímulo em cada uma das regiões. Seja excitando uma área por vez ou as duas ao mesmo tempo, brinquem com as sensações e percebam as diferentes reações. Só lembrem que o essencial continua sendo as preliminares. Aproveitando bem esse momento anterior, não vai fazer tanta diferença se o orgasmo for clitoriano ou vaginal. O que vale é sentir o máximo da excitação sexual.

Aprendeu a distinguir? É interessante entender mais sobre isso para melhor conhecer o seu corpo. Ou mesmo para saber como oferecer mais prazer para sua parceira ou parceiro. Mas, no fim das contas, o importante ainda é: se gemeu de doeu, é hora de parar. se gemeu de prazer… pode ir sem medo. Agora é só passar no Aquelas Coisas e garantir o que vai precisar para a sua noite de descobertas.

Qual a diferença entre o orgasmo vaginal e o clitoriano? was last modified: Março 16th, 2021 by João
Category : Geral
Tags :