aplicativos de namoro

Top 8 aplicativos de namoro

O coronavírus está aí e ficar trancado em casa é a pedida do momento. No entanto, graças aos aplicativos de namoro, o jogo do amor não precisa parar. Talvez seus encontros tenham que esperar a poeira baixar, isso é verdade. Mas já dá para ir encontrando pretendentes e batendo papo online. Parece uma boa ideia, não é? Então se ligue no nosso top 8 aplicativos de namoro e deixe a quarentena bem mais divertida.

1. O maior dos aplicativos de namoro: Tinder

No Brasil, não há concorrência. O Tinder é o que tem mais usuários, o mais conhecido, o que caiu na boca do povo. E nesse tipo de produto, quanto mais gente usando melhor, certo? Não a toa o Tinder é referência dentre os aplicativos de namoro. Na mecânica, ele não tem grandes mistérios. Os perfis das pessoas ao seu redor aparecerão, você define o raio de cobertura. Depois é só dar like ou dislike até encontrar alguém que foi recíproco no seu “sim”. Depois é só começar a conversar. Caso você goste da experiência e queira algumas vantagens, o Tinder gold pode valer a pena. Ele te permite saber quem te curtiu e oferece outros facilitadores. Por exemplo, poderes que fazem com que seu perfil apareça mais vezes para os outros por um tempo.

2. Pra quem viu e não esqueceu: Happn

Se o Tinder é o maior app, o Happn foi o que chegou mais perto de ameaça-lo. Apostando em uma mecânica um pouco diferente, ele conseguiu chamar a atenção. A ideia, no Happn, é que você encontre pessoas com as quais cruzou no dia a dia. Aquela gatinha que passou do outro lado da rua, o menino bonito do ponto de ônibus… aqui é o ponto de encontro. Para isso, o Happn vai adicionando à sua lista os perfis de outros usuários que passam perto de você. Quando você quiser usar, é só abrir a lista e sair dando sim ou não. Outra coisa legal do Happn é o “crush time”. Um jogo em que você escolhe sempre um entre quatro perfis e um deles com certeza te curtiu.

3. Aplicativos de namoro podem ir além: Bumble

A nova onda entre os aplicativos de namoro.  De uns tempos pra cá, nenhum outro app desse tipo cresceu tanto quanto o Bumble. A mecânica dele é a mesma dos outros, mas há uma diferença fundamental: os objetivos. O Bumble não se resume a dar um like e sair para beijar. Isso não significa que ele não sirva para isso, é claro, mas os contatos lá são mais amplos. Os usuários podem procurar amigos (em uma seção específica), ou até mesmo contatos profissionais. E, mesmo que você queira um flerte, a tendência é que lá a coisa seja menos superficial.

4. Uma referência mundial: Badoo

Uma das maiores redes de relacionamento em nível global. O Badoo já existe há 14 anos e é sem dúvidas um dos nomes que fez os aplicativos de namoro estourarem. Muito forte em diversos países do mundo, o Badoo é uma referência. Se no Brasil ele não é e nem nunca foi um sucesso estrondoso, no mínimo ajudou a pavimentar o caminho. A mecânica é bem parecida com a de outros apps, com a diferença de que o perfil é um pouco mais elaborado.

5. Vale a pena se diferenciar: Adote um cara

A maioria dos aplicativos de namoro seguem a mesma lógica. Você vê os perfis, diz sim ou não quando dois disserem sim ao mesmo tempo o papo começa. O Adote um Cara não é totalmente diferente, mas tem um outro tempero. Aqui, elas é quem mandam. As mulheres pesquisam os homens através de diversos filtros e, ao encontrarem, dão o primeiro passo. A eles, resta aceitar ou não serem escolhidos. Reciprocidade confirmada, novamente o poder está com elas. A garota tem 24 horas para iniciar a conversa e, depois, o homem tem 24 horas para respondê-la. Ninguém aguenta mais dar match e ficar em silêncio, né.

6. E às vezes a diferença está no onde: Poppin

O Poppin é um app sem grandes características. A mecânica de likes é a mais básica possível e a experiência é simples, talvez até demais. Por vezes ele até trava, o que incomoda bastante. Mas tem um detalhe que o torna muito atrativo: os eventos. A lista de pessoas que você encontra em outros aplicativos de namoro se baseia em localidade e distâncias. Isso obviamente é bom para evitar dificuldades logísticas. Mas quer logística melhor do que dar match com alguém que certamente estará no mesmo lugar que você? E mais, um lugar que diz algo sobre a pessoa.

Para isso, o Poppin mostra apenas as pessoas que confirmaram os mesmos eventos que você no Facebook. Talvez vocês curtam o show da mesma banda, o mesmo tipo de festa, o mesmo tipo de evento cultural, ou até o mesmo tipo de humor. Seja o que for, você já tem mais informações e, o melhor, já tem o date quase marcado.

7. Alguns aplicativos de namoro são só para eles: Grindr

Uma das dificuldades encontradas em vários aplicativos de namoro é o uso dele por não heterossexuais. Isso porque a configuração do app diversas vezes não oferece uma opção que separe interesses. Isso não chega a ser um problema para os heterossexuais, que podem apenas dar não. Para os que buscam alguém do mesmo gênero, no entanto, pode ser mais trabalhoso encontrar a pessoa certa. A crise, no entanto, já nasce solucionada. O Grindr é tudo o que os homens interessados em homens precisam. O app tem cada dia mais usuários e é focado exclusivamente nesse público. Apesar da fama de ser muito direto ao ponto (o que, por vezes, é mesmo), o Grindr não obriga ninguém a nada. O espaço é exatamente como o de outros apps, então a escolha de se aprofundar na conversa ou partir logo pra ação é toda sua. Como, aliás, deveria sempre ser.

8. E, obviamente, outros são para elas: Her

Se o Grindr está lá para os homens, o Her está lá para as mulheres. Voltado apenas para as garotas que procuram outras garotas, o Her é simples e eficiente. A usabilidade fácil do app e a certeza de que nenhum homem virá incomodar são seus dois maiores atrativos. Infelizmente, o volume de usuárias ainda não é o mesmo de seu irmão masculino, mas o crescimento é claro. Os aplicativos de namoro são melhores quando tem mais gente, mas isso só vai acontecer se você entrar, certo?

E assim se encerram as desculpas para quem disse que não dava pra flertar durante a quarentena. Os melhores aplicativos de namoro estão aí e todos eles são gratuitos. Agora é só baixar, jogar o joguinho do interesse e deixar o papo rolar solto. O pior que pode acontecer é o match não passar do mundo online. Na pior das hipóteses, você se divertiu. Depois venha aqui e nos conte no que deu. Quem sabe seu próximo crush não começa com um match?

Top 8 aplicativos de namoro was last modified: Março 31st, 2020 by João
Category : Geral
Tags :